Porto Alegre, 31 de outubro de 2014
Buscar
|
Página de
22.2.2010
Uva e seus benefícios

   Vamos aproveitar que estamos no mês da festa da uva para conhecer um pouco mais sobre esta fruta saborosa e que apresenta

muitos benefícios à saúde. 

  O cultivo da videira no Brasil teve início por volta do ano de 1535, na Capitania de São Vicente, e como nada na vida, isto não foi à

toa.

Melhor e mais nutritivo do que o vinho, estudos têm revelado que o suco de uva preta ou rosada pode trazer os mesmos

benefícios à saúde por conter os poderosos antioxidantes, chamados flavonóides, aos quais se atribuem os bons efeitos do vinho

sobre o coração.

Os flavonóides no suco de uva, como os do vinho, se mostraram capazes de evitar a oxidação do chamado mau colesterol, LDL

ou lipoproteínas de baixa densidade, que levam à formação de placas nas paredes das artérias.

Pesquisadores da University of Wisconsin Medical School em Madison pediram a 15 pacientes, que já mostravam sinais clínicos

de doença cardiovascular, incluindo artérias entupidas, que bebessem diariamente um copo de suco de uva. Após 14 dias, os

testes sangüíneos revelaram que a oxidação nesse pacientes estava significativamente reduzida. E imagens de ultra-sonografia

mostraram mudanças nas paredes das artérias, indicando que o sangue tinha fluído mais livremente.

A proposta do efeito protetor do vinho tinto deve ser bem considerada, mas não devemos esquecer dos seus efeitos adversos:

alcoolismo, distúrbios de comportamento, síndrome fetal alcoólica, acidente vascular cerebral hemorrágico, hipertensão arterial,

arritmia, miocardiopatia e morte súbita. Estudos têm mostrado que o consumo de álcool superior a 20 gramas por dia é

responsável pelo aumento na incidência de hipertensão arterial; sendo a hipertensão arterial é uma das patologias

cardiovasculares mais freqüente na população em geral e um dos fatores de risco para aterosclerose o uso do vinho neste grupo

deve ser avaliado mais criteriosamente.

"Com o suco de uva, pode-se beber bastante para obter os benefícios sem se preocupar em ficar intoxicado." Dizem os autores.

Nos últimos anos, os estudos sugeriram que o vinho tinto e os flavonóides encontrados na cerveja preta podem estimular o bom

colesterol e evitar o coágulo sangüíneo. Ainda assim a maioria dos médicos reluta em recomendar o álcool, por temer que seja

usado como desculpa para beber demais.

A evolução dos estudos neste sentido acreditam que antioxidantes do suco de uva permanecem no corpo por mais tempo do que

os do vinho. Recente artigo científico editado em janeiro de 2000 pela revista American Journal of Clinical Nutrition, mostrou que o

antioxidante presente no suco de uva permanecia no sangue por mais de 4 horas, enquanto que o do vinho tinto por apenas 3

horas depois de bebido pelos voluntários.

Comer uvas brancas ou verdes, ou beber seu suco, também não tem o mesmo efeito, porque não contêm os flavonóides que as

uvas pretas e rosadas têm.
A tradição atribuiu ao suco de uva as mais elogiosas expressões como : sangue vegetal, leite vegetal e seiva viva. O suco de uva

contém mais calorias que o leite, uma certa analogia que pode ser levada mais longe; a composição do suco de uva mostra

surpreendentes semelhanças com a do leite materno. É pois, um alimento privilegiado para os períodos de "reconstrução" da

fadiga, da anemia, da convalescença.

O açúcar do suco de uva é composto por glicose e frutose, é diretamente assimilável, não exige nenhum esforço aos órgãos

digestivos, é por tal razão aconselhável para a alimentação dos doentes atacados por febre.

Do ponto de vista terapêutico trata-se de um dos mais preciosos sucos. O suco de uva é estimulante das funções hepáticas,

constituindo mesmo a base de remédios farmacêuticos para o fígado (esta função é desempenhada não apenas pelo suco, como

também, pela uva e folhas de parreira).

Por ser alcalinizante (combate a acidez sanguínea), é indicado a pessoas intoxicadas pelo excesso do consumo de carne. O suco

de uva é um valioso estimulante digestivo pois acelera o metabolismo, eliminando de seu organismo o ácido úrico, causador da

fadiga. Além disso, ele ajuda a restabelecer o equilíbrio ácido-alcalino do organismo, necessário para um fornecimento constante e

prolongado de energia.

Sucos naturais são formas saborosas de superenergizar seu corpo com energia rápida. Os sucos naturais contêm nutrientes

específicos não encontrados em alimentos cozidos e ajudam a proporcionar uma energia fantástica.

O tratamento com suco de uva é utilizado nas dietas d desintoxicação, pois: melhora o estado da maior parte dos doentes;

regenera as células do fígado e dos rins; purifica o sangue; a ação laxativa poderosa, mas suave da uva, limpa o intestino de suas

fermentações putrefativas; é depurativo e renova o plasma do sangue. A sua riqueza em vitaminas e sais minerais confere-lhe

poder no combate a várias doenças, entre elas: - Aperiente peitoral, anti- escorbútica, reumatismo, gota, artrite, hipertensão, prisão

de ventre, anemia, hipercolesteroemia, depressão, eczema e hepatite. Além disso é diurética, tônica, reconstituinte, ativadora das

funções intestinais, vitalizante, mineralizante, antiinflamatória, calmante e adstringente. Por seu alto teor em sais de ferro, o suco

de uva é aconselhado no tratamento da anemia. Pelos inúmeros fermentos que contém, a uva favorece a mudança da flora

bacteriana do intestino, sendo indicada nas perturbações grastrointestinais. Beneficia todo o aparelho digestivo, combatendo a

dispepsia, as flatulências, a atonia intestinal e as fermentações. Deve-se tomar vários copos ao dia para fins terapêuticos.

Alguns estudos indicam uma baixa incidência de câncer nas regiões da França onde a monodieta de uva é feita uma vez por ano.

Em casos de câncer, obesidade e/ou desintoxicação recomenda-se a dieta de uvas ou sob a forma de suco de uva durante três

dias: no primeiro dia consome-se 1 Kg de uvas ou suco de uva. As frutas devem estar bem maduras e isentas de produtos tóxicos.

Pode-se aumentar a quantidade até 3 Kg por dia, distribuída em 6 a 8 refeições ao dia. Esta dieta só poderá ser feita sob

supervisão médica.

Para manter as artérias jovens, tome suco de uva preta/roxa diariamente. Pesquisas realizadas na Universidade da Flórida

revelaram que as substâncias químicas encontradas nas uvas ajudam a dilatar a artérias e, conseqüentemente, podem reduzir a

pressão sanguínea.

O segredo das uvas e do suco de uva no combate ao envelhecimento é simples e poderoso, as uvas contém 20 antioxidantes

conhecidos, que funcionam em conjunto para combater os radicais livres que promovem as doenças e envelhecimento, de acordo

com pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Davis. Os antioxidantes encontram-se nas cascas e sementes e , quanto

mais vibrante for a casca, maior o seu poder antioxidante. Isso significa que as uvas vermelhas e roxas e o suco de uva roxo são

os mais poderosos. A uva vermelha possui alto teor de antioxidante quercetina. A casca da uva contém resveratrol, que

comprovadamente inibe o agrupamento de plaquetas e aumenta o colesterol LDL e dilatam os vasos sanguíneos.

De fato, testes realizados na Universidade de Wisconsin revelaram que três copos de suco de uva preta/roxa e um copo de vinho

tinto tem igual efeito anticoagulante nas artérias.

A quercetina, um antioxidante, encontrado em abundância também na cebola e em alguns chás, parece ser um dos principais

componentes antienvelhecimento das uvas.

Tomar pequenos goles é melhor do que engolir o suco todo, pois pequenos goles corretamente salivados, evitarão distúrbios

digestivos. Além disso, o efeito energético será maior.

O suco de uva deve ser consumido isoladamente e não quando se consomem outros alimentos, para que se aproveitem todas as

suas qualidades nutritivas.

Sob o aspecto nutricional, os principais constituintes do suco de uva são: água, açúcares, ácidos orgânicos, sais minerais,

vitaminas, substâncias nitrogenadas, compostos fenólicos e pectina.

Minerais
O que pode fazer por você: Eles são vitais para nossa saúde. Sem eles, o corpo não poderia atingir um estado normal de saúde.

Os minerais geralmente funcionam em parceria com as vitaminas, ajudando-as a chegar mais depressa nos lugares onde são

necessárias. As vitaminas também fazem o mesmo pelos minerais. Eles protegem as células e fazem dentes e ossos fortes e pele

saudável. Eles têm papel importante na pressão sanguínea, no funcionamento perfeito do coração, na recuperação de ferimentos,

nas funções musculares, no equilíbrio dos fluídos, no sistema reprodutor e muito mais. O álcool, o fumo, o cozimento de vegetais,

carnes e comidas processadas, podem causar esta deficiência. A seguir, relacionamos os principais minerais encontrados no

suco de uva e suas descrições.

Potássio
O suco de uva é rico em potássio, um sal mineral que reforça as reservas alcalinas do corpo, ao mesmo tempo em que estimula o

funcionamento dos rins e regula as batidas do coração. O potássio, juntamente com o sódio, regula a quantidade de água no

organismo e transporta os nutrientes da corrente sanguínea para dentro da célula. Excesso de abocar, diuréticos, laxativos, sal em

excesso, álcool e stress podem tornar este precioso mineral deficitário. Após o consumo de suco de uva, a excreção da urina,

atinge, muitas vezes, o volume superior à quantidade ingerida. Os sais de potássio, em geral são citados como a causa desse

fenômeno.

Ferro
O ferro é essencial à vida. Produz hemoglobina, a mioglobina e certas enzimas. O ferro ajuda no crescimento, previne a fadiga e

defende o organismo contra doenças. O ferro é o mineral que ajuda a vitamina B a ser mais bem aproveitada pelo organismo.

Magnésio
O magnésio tem a propriedade de relaxar nervos e músculos. Conhecido como o mineral "anti-stress", ele também influencia no

relaxamento dos nervos. Ele converte o abdicar do sangue em energia. Este mineral auxilia nosso organismo a aproveitar a

vitamina C, o cálcio, o fósforo, o sódio e o potássio de maneira eficiente. O magnésio ajuda a manter dentes sadios e dá alívio

temporário à indigestão.

Cálcio
Este mineral é vital à nossa saúde. A falta de cálcio pode causar a redução na estatura, perda de dentes, dor nas costas, ossos

porosos sujeitos a fraturas, agitação, depressão, hipertensão, insônia e palpitação. O cálcio mantém os dentes fortes e ajuda o

corpo a utilizar o ferro. O stress, a falta de exercícios, os antibióticos, as aspirinas, os óleos minerais, o excesso de consumo de

gorduras, além de outros fatores, podem causar a deficiência de cálcio no organismo.

Manganês
Ajuda a nutrir o sistema nervoso, o cérebro e a regular as funções musculares, é importante para o metabolismo de proteínas e

lipídeos, à saúde dos nervos, do sistema imunológico e normalização do nível de abocar no sangue.

Cobre
Converte o ferro em hemoglobina e é essencial ao aproveitamento da vitamina C pelo organismo, melhora as respostas

imunológicas, a resistência ao estresse e as doenças de caráter crônico e/ou degenerativa.

Fósforo
É o segundo mineral mais importante no corpo, e está relacionado com o desenvolvimento do esqueleto, dos dentes, das funções

renais, nervos e características genéticas. É importante para a regularidade do coração.

Zinco
Esse mineral essencial é necessário a todos. Ele é, por assim dizer, "a centelha da vida", mantendo o corpo saudável. Auxilia na

formação de insulina. Exerce fator normalizador sobre a próstata e é importante no desenvolvimento dos órgãos reprodutivos.

Sódio
Regula e mantém o equilíbrio hídrico no organismo. É fator importante na transmissão dos impulsos nervosos e relaxamento

muscular. O sódio é também requerido para a absorção de glicose.

Lítio
Auxilia no tratamento da depressão.

Vitaminas
Uma dieta bem balanceada é composta de alimentos que contém vitaminas, que são essenciais e vitais para uma vida saudável. As

vitaminas são substâncias indispensáveis ao metabolismo celular e ao crescimento, que devem ser fornecidas ao organismo e

não produzem calorias. O suco de uva é rico em vitaminas , dentre elas, A, B1, B3,B6,C,ácido fólico e ácido pantotênico.

Vitamina A
É necessária à boa visão, poderoso antioxidante, previne doenças cardíacas, câncer de mama, pulmão, próstata e cólon. Torna a

pele, dentes, cabelos e unhas saudáveis.

Tiamina (vitamina B1)
Transforma carboidratos em energia e é conhecida "a vitamina do humor", em razão de seus efeitos benéficos no sistema nervoso

e atitude mental positiva. Ela ajuda na digestão e crescimento. Sua deficiência está associada à fadiga precoce, perda de apetite,

irritabilidade e falta de concentração.

Riboflavina (vitamina B2)
Estimula o crescimento, ajuda a manter a pele, unhas e cabelos viçosos, importante para o trabalho muscular durante a atividade

física. Beneficia a visão e alivia o cansaço dos olhos.

Niacina (vitamina B3)
Atua na digestão e alivia as perturbações gastrintestinais. Previne e alivia enxaqueca. Melhora a circulação e reduz a pressão alta

no sangue. Reduz o colesterol e triglicérides. Propicia uma pele de aspecto mais saudável.

Piridoxina (vitamina B6)
Além de importante para o sistema nervoso, atua no metabolismo protéico, favorecendo a formação da proteína muscular. Sua

deficiência está associada à anemia, distúrbios nervosos e fraqueza muscular.

Acido Fólico (vitamina B9)
Necessário para síntese de hemáceas saudáveis, prevenindo a anemia. O organismo precisa do ácido fólico para o processo de

recuperação de doenças e no funcionamento prefeito do trato intestinal.

Ácido Pantotênico (vitamina B5)
Protege as membranas contra infecções, é essencial para a produção de anticorpos, ajuda a síntese de colesterol e, ainda mantém

a flora intestinal em bom estado.

Ácido Ascórbico (vitamina C)
Vitamina C, ou "vitamina protetora", é essencial na proteção e formação das células. Ela ajuda o organismo a resistir a infecções. É

importante na recuperação de doenças, necessário na formação de dentes e gengivas fortes. Essa vitamina contribui para a

absorção de ferro pelo organismo, oferece proteção contra agentes cancerígenos e ajuda no tratamento e prevenção do resfriado.

Reduz a pressão arterial.

Aminoácidos
Os aminoácidos são elos da corrente de proteínas. São essenciais à saúde porque ajudam a formar, recuperar, renovar e prover

fontes de energia. Se algum aminoácido essencial está deficitário ou ausente, todos os outros vão se tornar deficientes e deverão

ser repostos através de alimentação e complementos. A seguir, relacionamos os principais aminoácidos encontrados no suco de

uva.

Ácido Glutâmico
Acredita-se que aproximadamente a metade da composição de aminoácidos do cérebro é composta de ácido glutâmico, "o

combustível do cérebro".

Alanina
Mantém constantes os níveis d glicose no sangue. É indicada nos casos de hipoglicemia. Importante no aumento dos linfócitos e

na imunidade. Desempenha papel significativo na prevenção de cálculos renais.

Arginina
Melhora o sistema imunológico, aumenta espermatogênese, melhora a fadiga física e mental, promove a baixa de colesterol,

inibidora do crescimento do câncer, tem ação antiesclerótica.

L-Glutamina
Melhora o comportamento de doenças psiquiátricas, melhora a capacidade de aprendizagem e de memorização, é usada no

tratamento de úlceras gástricas, é importante no tratamento ao alcoolismo, fadiga, senilidade e compulsão por doces.

Observação: Se você tem problemas de diabete, hiperglicemia, hipoglicemia ou qualquer outro problema de abocar no sangue,

deve consultar seu nutricionista para estabelecer quantidades a serem ingeridas de suco de uva.

Valor Nutricional em 100 ml de Suco de Uva
Caloria 61 kcal
Carboidratos 14.96 g
Proteínas 0.56 g
Lipídeos 0.08 g
Vitamina A 8.00 UI
Tiamina 0.03 mg
Riboflavina 0.04 mg
Niacina 0.26 mg
Ácido Pantotênico 0.04 mg
Vitamina B6 0.07 mg
Ácido Fólico 2.60 mcg
Vitamina C 0.10 mg
Arginina 47.00 mg
Alanina 86.00 mg
Ácido glutâmico 110.00 mg
Fósforo 14.60 mg
Potássio 170.00mg
Cálcio 7.30 mg
Magnésio 7.10 mg
Cobre 0.053 mg
Zinco 0.14 mg
Ferro 1.30 mg
Manganês 0.33 mg
Sódio 0.53 mg
Enxofre 3.50 mg
Boro 1.40 mg
Cromo 0.013 mcg


FONTES: FAURGS (Faculdade de Agronomia da Universidade do Rio Grande do Sul) Econatura Produtos Ecológicos e Naturais

Ltda.


Dica:
Para pessoas que pretendem adotar o suco de uva com o objetivo de reduzir os riscos de problemas coronários, a pesquisadora

recomenda a ingestão de um copo (150ml) por dia. O vinho é contra-indicado a pessoas com elevados níveis de pressão arterial e

diabéticos.

Se o suco ficar doce demais, adicione um pouco de suco de limão
para abrandar a doçura.

 
 
   
       
  
  
 

2 Comentários
3/8/2011
washington prazeres
uva o poder da cura

estou usando e me sentindo muito bem, os resultados vem conforme o procedimento do tratamento. tem que ter disciplina e objetivo durante o tratanebto. grato
 
28/8/2011
Elita Medeiros Carvalho
aproveitamento da uva

Gostei da materia publicada, não sabia o quanto a uva pode ser muito bem aproveitada.Coloco em saladas do dia-a-dia,tomo o suco endustrializadd sem alcool, compro toda semana, mas tenho medo de engordar, devido ser muito calorica e já tenho 72 anos, tenho artrose nos joelhos não posso aumentar uma só grama. Adorei ver tudo sobre a uva,muito obrigada
 
nome
 
E-mail
 
Titulo
 
comentário
 
Digite o código ao lado:

 

 

Cadastre-se e receba informações que são postadas e informações de parceiros.
Digite o código ao lado:
 

     Algumas receitas e dicas!
     - Risoto de quinoa.
     - Salada à Gaúcha.
     - Salada de Macarrão Caprese.
     - Suco de Limpeza Total.
                                   » Receitas

HOME | GRAZIELA | SERVIÇO | BLOG | RECEITAS | CONTATO

      © 2009 Graziela Dias Parisotto, todos os direitos reservados.
      developed by MULTMÍDIA.com.br